Edson Milton Ribeiro Paes.
"Eterno Aprendiz"
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
LinksLinks
Textos


 
 
“FAZENDO POESIA NO POESIA’
 
O apito reverberante do navio...
Anunciando que o sonho ia começar...
Todos nas janelas ou no convés com um pouco de frio...
Com as mãos agitadas em um frenético acenar!!!
 
Os parentes e amigos ao longo da orla...
Buzinavam e soltavam rojões...
E eu aqui me despedindo por agora...
Com o peito inflado cheio de emoções!!!
 
Aos poucos a terra ia ficando distante...
E uma sensação de plenitude invadia minha alma...
A cada momento eu conferia o horizonte...
E a esperança de um novo porto me acalma!!!
 
Tudo magistralmente perfeito...
As aguas azuis e as vezes verdejantes...
Presenteavam-me com a visão do que Deus teria feito...
Na janela eu observava tudo dentro de um instante!!!
 
A cada porto uma nova cultura...
Cheios de pessoas maravilhosas...
Eu interagindo com a diversidade de criaturas...
Acumulava informações muito valiosas!!!
 
A poesia pairava no ar...
E eu extasiado com tanta beleza...
Aos poucos ia entendendo a grandeza do navegar...
E poder apreciar o espetáculo da natureza!!!
 
De poesia no Poesia...
Eu fui colecionando emoções...
A cada minuto de cada dia....
Eu fui enchendo meu peito de recordações!!!
 
Navegar é preciso...
Viver bem é necessário...
Pois o pior que pode acontecer enquanto vivo...
E se deixar morrer antes do horário!!!
 
Singrando os mares de norte a sul...
Eu conto as estrelas na noite escura...
Ouvindo a melodia do mar azul...
Eu confesso meus sonhos para a amiga lua!!!
 
Vai Poesia...
Engole as aguas deste imenso mar...
A vida passa cheia de alegria...
Que você presenteia com um suave navegar!!!
 
Navegar é preciso..........
EDSON MILTON RIBEIRO PAES
Enviado por EDSON MILTON RIBEIRO PAES em 28/03/2019
Alterado em 28/03/2019


Comentários