Edson Milton Ribeiro Paes.
"Eterno Aprendiz"
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
LinksLinks
Textos


Ah,como eu amei....
 
A vida não havia me adotado...
E minhas escolhas não tinham dado certo...
O passo depois de mau dado....
Deixou-me um tanto circunspecto!!!
 
Passei a andar de mãos dadas com a tristeza...
Embora todos estivessem satisfeitos...
Eu contestava as minhas certezas...
Realizando outros feitos!!!
 
Tentava ser o melhor possível...
Mas o caminho era o errado...
Aos poucos eu ia ficando depressivo...
De tanto sofrer calado!!!
 
Mas sem procurar uma solução apareceu...
E eu naufrago agarrei-me a ela...
Um novo amor logo floresceu...
Enquanto eu tentava arrumar a vida!!!
 
Aos poucos fui me estruturando...
Tentando entender todo aquele processo...
Um lado me torturando...
E o outro lado me oferecendo amor e sexo!!!
 
Mas havia toda uma historia...
Uma vida mal construída juntos...
Sem profanar minha memoria...
Tentei agradar a todos!!!
 
Me propus a viver uma vida dupla...
Para contrabalancear minha vivencia...
Aos poucos multipliquei minhas desculpas...
E perdi toda a minha inocência!!!
 
Virei um exímio artista...
A vida ficou bem melhor...
O tempero das tardes furtivas...
Solucionavam o bem maior!!!
 
A família respirava tranquila...
E eu viajava do céu ao inferno...
A odisseia da minha vida...
Não desejava ao pior inimigo!!!
 
Mas de tanto desejar uma vida justa...
Enfim ela se apresentou...
Aquela que proporcionava toda minha angustia...
Finalmente desistiu!!!
 
Liberto das amarras de um compromisso...
Pude reencontrar o meu eu...
Tomar as rédeas do meu destino...
E finalmente procurar quem sempre me entendeu!!!
 
 
 
EDSON MILTON RIBEIRO PAES
Enviado por EDSON MILTON RIBEIRO PAES em 29/01/2018
Alterado em 29/01/2018

Música: AH! COMO EU AMEI - BENITO DI PAULA

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (EDSON MILTON RIBEIRO PAES). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários